Diário do Alentejo

Festa do futebol no mundo rural decorre com competitividade

10 de fevereiro 2024 - 08:00
Trindade é exemploFoto| Firmino Paixão

O Ginásio Clube de Sines, o CCD Trindade e o GDR São Francisco da Serra são, atualmente, os líderes das três séries da Liga de Futebol de 11 da Fundação Inatel Beja, prova que se prolongará até final do próximo mês de abril e que decorre em simultâneo com a Taça Fundação Inatel.

 

Texto e Foto Firmino Paixão

 

Estão cumpridas as 10 primeiras jornadas das séries A e B e as primeiras sete do grupo C, nesta edição de 2023/2024 da Liga de Futebol de 11 da Fundação Inatel Beja. Uma competição que, como se sabe, reúne equipas dos distritos de Beja e de Setúbal. No início da época havia-se-lhes juntado, igualmente, uma equipa vinda de Portimão, no distrito de Faro, o Sharks United, entretanto desclassificada, como a seu tempo aqui fizemos notar, devido a sucessivas faltas de comparência. Recorde-se, também, que estão a concorrer, a esta edição da prova, o campeão regional em título, Os Rituais de Safara, bem como o vencedor da última edição da Taça Fundação Inatel Beja, o Ginásio Clube de Sines, clube que tem no seu recente palmarés um título nacional.

Na jornada do passado fim de semana, e no que à primeira das séries diz respeito, o Porto Covo foi derrotado no Penedo Gordo (emblema que, assinale-se, tem uma primeira equipa a disputar a primeira divisão da Associação de Futebol de Beja). O Ginásio de Sines ganhou em Santa Clara do Louredo (na foto) e o Alvaladense, outra das formações com um bom histórico nestes campeonatos, venceu em Santa Cruz (Santiago do Cacém). O jogo entre o Olival Queimado (de Alcácer do Sal) e o Santa Vitória foi adiado.

Entre as oito equipas em prova nesta série, após a saída do Sharks United, pontificam cinco equipas do distrito de Setúbal e três do distrito de Beja. O Ginásio de Sines, principal favorito ao triunfo nesta série (ver-se-á mais adiante se, também, no campeonato), lidera destacado, com cinco pontos de vantagem sobre o Penedo Gordo e sete sobre a equipa de Alvalade-Sado. O líder tem uma só derrota, possui a melhor defesa, mas o Penedo Gordo, com 20 golos marcados, é detentor do ataque mais realizador. A próxima jornada, que se disputará apenas depois do Carnaval, terá como inevitável cabeça de cartaz o jogo entre o Ginásio de Sines e o Alvaladense, sendo que o Penedo Gordo, folgando nesta ronda, pode ter em risco o seu segundo lugar.

O Centro de Cultura e Desporto de Trindade, com a sua liderança na série B, é exemplo e faz as honras ao grupo de representantes do distrito de Beja, porquanto os outros dois líderes não o são. Aliás, esta série é composta apenas por equipas do interior da região. O Trindade, vindo de um empate sem golos, em Safara, no sempre difícil reduto dos Rituais, apenas sofreu uma derrota até ao momento e possui o ataque mais realizador, contudo, a defesa menos batida continua a ser a dos safarenses. No segundo lugar da série, espreitando eventuais deslizes do Trindade, está, primeiro, o Grupo Desportivo Povoense (Póvoa de São Miguel), com menos três pontos e menos um jogo, depois, surge a Associação de Jovens de Brinches, a quatro pontos de distância do líder. Nesta série, o jogo de maior interesse será, exatamente, aquele em que o Trindade receberá o Brinches, uma vez que o Povoense vai jogar, em casa, com os Arraianos de Ficalho, penúltimos na classificação.

Finalmente, a série C, comandada pelo Grupo Desportivo e Recreativo de São Francisco da Serra (concelho de Santiago do Cacém) em igualdade de pontos com o Colense, ambos com mais dois do que o Vale Figueira e mais três do que a formação de Longueira. Será, porventura, a série mais equilibrada, pelo menos, na metade superior da tabela. Mas é também aquela em que compete a única equipa que ainda não conseguiu qualquer vitória, o Campo Redondo, emblema que está no rodapé da tabela, com três pontos, provenientes de três empates. O Malavado tem o melhor ataque, São Francisco da Serra, Colense e Longueira têm as defesas menos batidas. Nesta poule teremos dois jogos que merecem particular atenção na próxima jornada da Liga. Por um lado, o jogo entre o São Francisco da Serra e o Longueira, primeiro e quarto classificados, depois, a partida entre o Colense e o Vale Figueira, segundo e terceiro da tabela de pontos.

Em simultâneo com os jogos da Liga decorre a Taça Fundação Inatel Beja, que tem a terceira eliminatória (quartos de final) marcada para o dia 3 de março, com o seguinte quadro de jogos: Longueira-Ginásio de Sines; São Matias-Louredense; Relíquias-Colense; Rituais Safara-São Francisco Serra.

 

LIGA FUNDAÇÃO INATEL BEJA

SÉRIE A | 10.ª JORNADA

Penedo Gordo-Porto Covo 2-0Louredense-Ginásio de Sines 0-2Santa Cruz-Alvaladense 1-3Olival Queimado-Santa Vitória (adiado para 3/3)

 

Classificação

1.º Ginásio de Sines 242.º Penedo Gordo 193.º Alvaladense 174.º Louredense 125.º Porto Covo 126.º Santa Cruz 117.º Olival Queimado 108.º Santa Vitória 6

Próxima jornada (17/2): Santa Vitória-Santa Cruz; Porto Covo-Louredense; Ginásio de Sines- -Alvaladense; Folga o Penedo Gordo.

 

SÉRIE B | 10.ª JORNADA Brinches-São Matias 5-1Sanjoanense-Santo Aleixo 1-1Arraianos de Ficalho-Quintos 1-0Rituais Safara-Trindade 0-0Folgou o Povoense

 

Classificação

1.º Trindade 202.º Povoense 173.º Brinches 164.º Rituais Safara 165.º Santo Aleixo 126.º São Matias 87.º Sanjoanense 78.º Arraianos de Ficalho 79.º Quintos 7

 

Próxima jornada (17/2): Quintos-Sanjoanense; Trindade-Brinches; Povoense-Arraianos de Ficalho; Santo Aleixo-Rituais Safara (18/2).

 

SÉRIE C | 7.ª JORNADA

São Francisco da Serra-Relíquias 5-0Cavaleiro-Campo Redondo 0-0Colense-Malavado 2-2Longueira-Vale Figueira 1-1

 

Classificação

1.º São Francisco da Serra 152.º Colense 153.º Vale Figueira 134.º Longueira 125.º Malavado 86.º Relíquias 77.º Cavaleiro 48.º Campo Redondo 3

Próxima jornada (17/2): Relíquias-Campo Redondo; São Francisco da Serra-Longueira; Malavado-Cavaleiro (18/2); Colense-Vale Figueira (18/2).

Comentários
Recomendamos