Diário do Alentejo

Convenção Alentejo debate acessibilidades na região

11 de setembro 2019 - 16:30

Realiza-se em Évora esta quinta-feira, 12 de setembro, uma Convenção A lentejo sobre o tema “Geografia das acessibilidades e as infraestruturas do Alentejo”. Proclamando que “Sim! As acessibilidades são uma prioridade!”, a iniciativa é da Plataforma Alentejo e mobiliza entidades regionais.


A ideia da Convenção Alentejo é aprofundar a reflexão sobre os conteúdos da exposição “É urgente desenvolver a estratégia integrada de acessibilidades”, de 5 de agosto de 2018, enviada ao Presidente da República, primeiro-ministro e partidos políticos com assento na Assembleia da República.

 

A convenção, que decorrerá entre as 9 e as 18:00 horas, nas instalações da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento (CCDR) do Alentejo, tem uma agenda subordinada ao lema “Sim! As acessibilidades são uma prioridade!”. Do porto de Sines ao aeroporto de Beja, serão debatidas as infraestruturas estratégicas de interesse nacional e regional – as portuárias, aeroportuárias, rodoviárias e ferroviárias. Os organizadores reafirmam que “são possíveis e urgentes decisões e medidas concretas que servirão melhor o interesse nacional e contribuirão para uma maior coesão e desenvolvimento de todo o Alentejo”.

 

O secretariado da Plataforma Alentejo, responsável pela convocatória da convenção, integra a ACOS – Agricultores do Sul, as associações empresariais das regiões de Évora (NERE), do Baixo Alentejo (Nerbe/Aebal) e de Portalegre (Nerpor–AE), a Associação do Comércio, Serviços e Turismo do Distrito de Beja, a Universidade de Évora, os institutos politécnicos de Beja e de Portalegre, a Turismo do Alentejo, os movimentos AMAlentejo, Melhor Alentejo e Beja Merece+, a associação de desenvolvimento integrado Rota do Guadiana.

Comentários