Diário do Alentejo

Centro de arqueologia em Ourique assinala 10 anos de existência

05 de setembro 2019 - 11:55

O Centro de Arqueologia Caetano de Mello Beirão, em Ourique, assinala uma década de trabalho na preservação, valorização e promoção do património arqueológico do concelho, nomeadamente, a partir do espólio do depósito votivo da II Idade do Ferro, descoberto em Garvão.

 

“São 10 anos de cultura impulsionados pelo município, numa parceria virtuosa com a Direção Regional de Cultura do Alentejo e a Universidade de Évora/Centro Hercules, que contribuíram para a valorização do património arqueológico de Ourique”, considera a câmara municipal local. Que, em conjunto com a Direção Regional de Cultura do Alentejo, organiza, na quinta-feira, dia 12, no Cine-Teatro Sousa Telles, um colóquio, com o objetivo de “sublinhar o percurso percorrido, perspetivar o presente e debater os caminhos para um futuro sólido na afirmação do património cultural como pilar da comunidade”.

 

O programa das comemorações da década do Centro de Arqueologia Caetano de Mello Beirão conta ainda com a inauguração de uma exposição de pintura de Adriano Dias Pereira, na galeria do centro e na Antiga Cadeia de Ourique, que acontece no mesmo dia, às 17:30 horasa.

 

Comentários