Diário do Alentejo

Lendias D’encantar promove mais um Ciclo 1 Actor 1 Músico

04 de julho 2019 - 10:05
DRDR

Decorre amanhã e sábado, dias 5 e 6, na Casa da Cultura, em Beja, a primeira de quatro partes da edição deste ano do Ciclo 1 Actor 1 Músico, promovido pela companhia Lendias d’Encantar. O ciclo debruça-se, nesta edição, sobre a temática da Guerra Colonial, “trabalhando com textos de poetas que, de alguma forma, viveram esse período da história do nosso país”.


O primeiro espetáculo, intitulado “Do outro lado da canoa”, tem por base a obra de Alda Espírito Santo, “membro ativo do movimento de libertação de África e também autora do hino nacional de São Tomé e Príncipe”, e conta com a participação da atriz Teresa Arcanjo e do saxofonista Pedro Rijo.


Segundo a companhia, na edição deste ano, o Ciclo 1 Actor 1 Músico divide-se em quatro partes, “sendo que em cada uma delas a visão sobre a Guerra Colonial terá um cunho distinto, resultando em quatro espetáculos únicos, com intérpretes e músicos diferentes a cada fim de semana”. Os restantes espetáculos subirão ao palco ainda durante este mês.


A encenação e direcção de cena fica, desta vez, a cargo de Tatiana Rocha, atriz residente da Lendias d’Encantar, que aceitou o desafio “com curiosidade, cautela e muita vontade”, adiantou, uma vez que “é a primeira vez que dirijo um espetáculo nestes moldes”.


A parte I de IV do ciclo tem início agendado, nos dois dias, para as 21:30 horas.


A Lendias d’Encantar deu início ao ciclo em 2009, tendo sofrido alguns ajustes de criação ao longo dos anos, “mantendo, no entanto, o seu objetivo inicial: a exploração da poesia enquanto texto teatral, enquanto possibilidade de contar histórias e a ligação desta com a música, harmoniosa ou opositora”, explica o diretor artístico da companhia bejense, António Revez.

Comentários