Diário do Alentejo

Torrão: "Por Terras de Bernardim" promove património

06 de agosto 2020 - 09:40

A Junta de Freguesia do Torrão, no concelho de Alcácer do Sal, vai envolver a comunidade local no projeto "Por Terras de Bernardim", que pretende preservar, conservar e valorizar a identidade do território.

 

Bernardim Ribeiro, poeta e escritor renascentista, dá o mote para um conjunto de ações que vão permitir “melhorar a atratividade do território”, com destaque para o património imaterial de natureza cultural e social da freguesia.

 

O projeto, que terá como "protagonista" a comunidade local, vai ser financiado pelo Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), que visa promover os elementos patrimoniais, paisagísticos e ambientais. “O projeto pretende transformar os recursos endógenos identificados no território em experiências, produtos e serviços de âmbito turístico, contando com as gentes da freguesia como protagonistas”, explicou a autarquia.

 

A candidatura ao PDR inclui planos de educação patrimonial e de marketing e comunicação, além de uma rede de percursos pedestres, em torno dos quais serão desenvolvidas diversas ações que vão contar com o envolvimento de alunos do agrupamento de escolas do Torrão, jovens, público sénior e empresários locais, com o objetivo de “melhorar a atratividade do território”.

 

Aos alunos do agrupamento de escolas serão incentivadas atividades, no âmbito da ação denominada “Eu sou Bernardim”, enquanto aos adolescentes e jovens serão propostas atividades, enquadradas no 'Fórum 14+', que “desenvolvem a sua capacitação e integração” tendo o 'podcast' como ferramenta facilitadora”.

 

O público sénior será envolvido através do "Fórum Saber+", “identificando os seus contributos” para a identidade do território, e os empresários locais, através do "Fórum Invest+", serão “embaixadores do património natural e cultural” desta freguesia do interior do concelho de Alcácer do Sal, no litoral alentejano. “O projeto pretende ainda contribuir para a criação de uma rede de voluntários aptos a valorizar, divulgar e promover os recursos endógenos do Torrão”, frisou a junta de freguesia.

 

A candidatura, que conta com apoios de fundos comunitários, contempla igualmente a “sinalização e certificação de uma rede de percursos pedestres e cicláveis, com cerca de 60 quilómetros, onde será colocada sinalética direcional informativa e interpretativa, com recurso a materiais reciclados”.

 

“As rotas passam por espaços de interesse natural e paisagístico, gastronómico, histórico e arqueológico, etnográfico e agroalimentar e pretendem contribuir para a coesão territorial da freguesia”, acrescentou.

 

Além da criação de brochuras, do desenvolvimento de um microsite e de uma 'app', está prevista a realização de um trabalho fotográfico e de um vídeo promocional do território abrangido pelo projeto para conceção e produção do “Manual Terras de Bernardim”.

Comentários