Diário do Alentejo

Lendias apresentam ciclo Um Ator Um Músico

12 de julho 2019 - 08:30

A bailarina Carminda Soares e o guitarrista João Nunes apresentam hoje e amanhã, dias 12 e 13, às 21:30 horas, na Casa da Cultura, em Beja, o espetáculo “Um desenho (revolução)”, que “invoca a poesia” de Ana Hatherly – professora, escritora, realizadora e artista plástica portuguesa –, “para trabalhar a ideia de revolução, guerra e memória”.


“Um desenho (revolução)” é o título da segunda parte da edição deste ano do ciclo Um Ator Um Músico, que a companhia de teatro Lendias d’Encantar está a promover até ao dia 27 deste mês e que “debruça-se sobre a temática da Guerra Colonial, trabalhando com textos de poetas que, de alguma forma, viveram” aquele período da história de Portugal.


Nesta edição “o ciclo aposta na diversidade, trazendo assim a dança contemporânea” para este “Um desenho (revolução)”, “procurando esvaziar a palavra do seu valor simbólico”, adianta a companhia. Tatiana Rocha, que faz a direcção dos espetáculos, acrescenta: “Não se pode falar desta guerra sem falar de revolução, de lembrança, de memória”. Na segunda parte do ciclo, prossegue, “será feita uma representação visual e gestual dessa guerra”.


O segundo espetáculo do ciclo promete ainda a utilização de técnicas pouco convencionais na cenografia e na iluminação, “resultando num produto final muito surpreendente”, adianta Ana Rodrigues, diretora de arte da companhia.


A encenação e direcção de cena está a cargo de Tatiana Rocha, atriz residente da Lendias d’Encantar, que aceitou o desafio “com curiosidade, cautela e muita vontade”, uma vez que é a primeira vez que dirige “um espetáculo nestes moldes”.


Até ao final do mês de Julho, estão ainda previstos mais dois espectáculos integrados no Ciclo 1Actor 1Músico, nos fins de semana de 19 / 20 e 26 / 27.

Comentários