Diário do Alentejo

João Português: Cuba lança Prémio Literário Fialho de Almeida

01 de julho 2019 - 08:40

Texto Nélia Pedrosa

 

O que se pretende com o Prémio Literário Fialho de Almeida, lançado recentemente pela Câmara Municipal de Cuba, Direção Regional de Cultura do Alentejo e Associação Cultural Fialho de Almeida?
O Prémio Literário Fialho de Almeida pretende, acima de tudo, homenagear o escritor alentejano Fialho de Almeida, grande figura da literatura portuguesa, e tem como objetivos centrais a promoção, defesa e valorização da língua portuguesa e da identidade e diversidade cultural da região Alentejo, das suas tradições, e propõe-se a promover e incentivar a criação literária nas modalidades de conto e romance, bem como o gosto pela leitura e pela escrita. Este lançamento reveste-se, acima de tudo, de um simbolismo: o trabalho de salvaguarda da memória do escritor e de promoção da sua vida e obra não termina com a concretização do Museu Literário Casa Fialho d’Almeida, antes pelo contrário. A inauguração da casa museu [no passado dia 10] representa apenas o momento de inversão de um ciclo, durante o qual as várias entidades envolvidas se esforçaram por manter viva a memória do escritor, ainda que de forma isolada, para o passarem a fazer de forma coordenada e tendo aquele espaço, que contém a memória do escritor, por referência e como “palco” privilegiado.

 

Em que consiste o prémio? Qual o prazo de entrega de trabalhos?
O prémio destina-se a autores de nacionalidade portuguesa e autores estrangeiros a residir em Portugal, desde que maiores de idade. Serão aceites a concurso obras na modalidade de coletânea de contos e romance, sendo privilegiadas as temáticas que abordem a região Alentejo, e cada participante apenas poderá apresentar uma única obra. O júri é constituído por três elementos, sendo cada um deles nomeado pelas entidades envolvidas nesta parceria, e os interessados deverão formalizar a sua candidatura com a entrega da obra a concurso até ao dia 31 de dezembro de 2019, ocorrendo o anúncio dos resultados em maio de 2020, ainda em data a anunciar. O vencedor receberá um prémio no valor pecuniário de 3000 euros e verá a sua obra publicada numa editora de reconhecido mérito, sob coordenação da Biblioteca Municipal de Cuba e da Associação Cultural Fialho de Almeida, constando na edição a referência ao prémio.

 

O protocolo estabelecido entre as três entidades, para além do prémio, visa ainda a realização de outras iniciativas de promoção da literatura/cultura no Museu Literário Casa Fialho de Almeida. Já há algo de concreto nesse sentido?
O protocolo assinado no passado dia 13 deste mês é um primeiro passo numa colaboração que se pretende permanente e ativa entre três entidades com responsabilidades acrescidas na promoção da obra do escritor Fialho de Almeida e, simultaneamente, na elevação da literatura e da cultura. Neste momento o município prepara várias tertúlias literário-musicais e uma série de iniciativas culturais que, em princípio, terão uma periodicidade mensal, e que brevemente serão conhecidas.

Comentários